Será que eu errei?

Olá! Tudo bem com você?

Essa frase do título é familiar pra você? Em suas reflexões ou questionamentos é comum você se martirizar pensando a esse respeito?

Às vezes você se pega “ruminando” um sentimento de culpa por alguma situação estressante com seu filho em que você não conseguiu manter a calma?

Então saiba que essa é a reflexão mais comum de todos os pais que se comprometem verdadeiramente com a educação e transformação de seus filhos.

Conforme já conversamos em posts anteriores, educar um ser humano é tarefa árdua e complexa. E como também somos humanos, ( e graças a Deus que somos) é perfeitamente normal que cometamos alguns equívocos ao longo desse processo.

Mas e o que fazer com a culpa?

Primeiramente, devemos encarar a situação sob dois aspectos: como seres humanos imperfeitos que somos e como pais responsáveis que erram procurando acertar devido ao grande compromisso que assumimos perante a sociedade, ou seja: o de oferecer à ela um “produto” de qualidade.

Isso mesmo… Nossos filhos são o produto que oferecemos à sociedade. Por isso, devemos sim avaliar esse nosso “processo” de produção e verificar exatamente aonde estão as principais falhas e como podemos corrigi-las.

Nesse momento, é importante que nos mantenhamos abertos à uma autoavaliação esclarecedora e não punitiva. De nada adiantará você se culpar por seus erros. Simplesmente converse com seu filho e se for o caso, peça-lhe desculpas se cometeu algum excesso, seja ele em forma de atos ou de palavras. Isso não irá diminuir o respeito que seu filho tem por você, muito pelo contrário.

Dessa forma, você estará demonstrando a seu filho que também se mantem aberto a mudanças e consegue rever suas atitudes. Ele aprenderá que se você erra, ele também pode cometer erros e tenderá a ser menos rigoroso consigo mesmo e com as outras pessoas, quando for adulto.

O pior erro que podemos cometer é nos fecharmos na inflexibilidade arbitrária. Pense nisso…

Beijos iluminados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *