Problemas com a alfabetização???

Olá!!! Tudo bem com você???

Hoje iniciaremos uma sequência de dicas sobre a aprendizagem de sua criança, mais especificamente sobre a alfabetização.

Seu filho ainda é muito novo e você não tem que se preocupar com isso??? Cuidado!!! Você pode estar muito enganado sobre essa questão.

Uma pergunta recorrente que os pais fazem aos profissionais da educação infantil é aquela relativa à época correta de iniciar a criança no processo de alfabetização.

Com relação a esse questionamento, há algumas divergências de opinião entre os autores e veremos isso com muita atenção posteriormente.

Inicialmente, gostaria que você refletisse na seguinte questão: quando é que você inicia a preparação para o processo de fala da sua criança? Ao nascer? Com seis meses? Um ano? Ou você espera ela ir para a escola para aprender a falar com a professora?

Bem, essa pergunta pode parecer um tanto quanto ridícula, porém, esse deve ser o mesmo raciocínio para a linguagem escrita. Ou seja, devemos introduzir a linguagem escrita no cotidiano da criança o quanto antes.

Nesse momento, você pode estar pensando: – Que loucura!!! Mas como assim? Quer dizer que eu tenho que ensinar meu filho a ler com seis meses de idade????

É claro que não!!!

Mas, do mesmo modo que você apresenta a linguagem falada (e há quem fale em uma língua diferente da materna com a criança) ao seu filho, você também deverá apresentar a linguagem escrita, para que ela faça parte do cotidiano e do contexto familiar e não apenas da escola. Isso irá acelerar o processo de maturação cognitiva dele. Assim, o processo será natural.

Como fazer isso? Super simples… Fique atento às nossas dicas:

1- Use um tapete de EVA com letras no chão do quarto de seu bebê. Quando ele começar a engatinhar, estimule-o a conhecer as cores e tipos diferenciados de letras (apenas mostre a ele e diga o nome da cor e da letra);

2- Coloque uma plaquinha com o nome de sua criança na porta do quarto dela, mostre várias vezes à ela e leia o nome para que ela ouça;

3- Utilize livros de banho e incentive seu filho à diversão na banheira, lendo para ele;

4- Mantenha no quarto da criança uma pequena estante com livros coloridos, ilustrações atrativas e poucos textos. Há diversas opções no mercado, até mesmo com uma palavra para cada ilustração;

5- Estimule sua criança a brincar com os livros, deixe-a visualizar as ilustrações na hora de dormir; e

6- Leia sempre para sua criança. Assim, ela entenderá que a linguagem falada possui uma representação gráfica.

Essas são dicas simples que farão com que sua criança seja apresentada ao mundo das letras com muita naturalidade, o que facilitará o processo da leitura e da escrita na época devida.

Gostou das dicas? No próximo post ensinaremos  diversas brincadeiras simples para você fazer com sua criança após os 2 anos de idade e que serão essenciais para a maturação cognitiva dela.

Então, não perca o nosso próximo encontro… Até lá!!!

Beijos iluminados!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *