Problemas com a alfabetização – Parte 2

Olá!!!

Vamos falar um pouco mais sobre a alfabetização?

No primeiro post, desta série,  tratamos sobre as melhores maneiras de introduzir a linguagem escrita no cotidiano de sua criança. Apresentamos 6 dicas super fáceis e que serão grandes estimuladoras do desenvolvimento cognitivo de seu (a) filho (a).

Hoje, ensinaremos  algumas brincadeiras simples para você fazer com sua criança após os 2 anos de idade e que serão essenciais para a maturação cognitiva dela, o que facilitará seu desempenho por ocasião da alfabetização.

Então, vamos lá?

1- Contando Histórias

    Conforme dissemos no primeiro post, contar histórias é essencial para o desenvolvimento cognitivo da criança. Deixe que a criança represente sua própria história, seja vestindo uma fantasia ou imitando algum personagem que goste.

2- Conhecendo seu próprio nome

    Uma maneira simples de introduzir o reconhecimento da grafia é escrever em letra de forma numa tira de cartolina o nome da criança e em outras duas o nome: “papai” e “mamãe”. Apresente o nome da criança e pergunte à ela em que local ela deseja colá-lo. Depois disso, repita com as demais palavras. Estimule-a diariamente com as seguintes perguntas:

– Onde está o seu nome? Onde está o nome do papai? E o da mamãe?

3- Brincando com as letras

Uma forma de estimular o interesse pelas letras é utilizar-se de jogos de letrinhas emborrachadas. Até mesmo o tapete de letras pode ser utilizado. Comece aos poucos, trabalhando com as vogais durante 30 dias, inicialmente, com reforço diário do aprendizado. Depois de assimiladas as vogais, comece a trabalhar as consoantes que tenham significado para a criança. Exemplos.: m de mamãe, p de papai, v de vovó, b de bola, etc.

4- Dando nomes aos objetos (a partir de 4 anos)

Utilize fichas de cartolina para escrever algumas palavras que sejam do cotidiano da criança e que estejam presentes no seu ambiente domiciliar. Exemplos.: TELEVISÃO, JANELA, PORTA, GAVETA, CAMA, etc. Após, cole as palavras no local em que está o objeto, ou seja, a palavra porta deverá ser colada na porta, a palavra janela deverá ser colada na janela, e assim sucessivamente.

5- Quadro de palavras (a partir de 4 anos)

Utilize um quadro de cortiça ou quadro de aço e fixe palavras nesse quadro, incentivando a atenção da criança. Aproveite para enfeitar o quarto da criança com palavras fáceis, de uso comum, de desenhos animados que a criança aprecie, de super heróis ou com pequenas frases de efeito, como por exemplo: “eu te amo”.

6- Baú de novidades (a partir de 4 anos)

Utilize uma caixa bastante colorida e coloque dentro da mesma diversas fichas de cartolina com as palavras utilizadas no cotidiano da criança. Vá aos poucos, uma palavra por vez. Cada palavra nova deverá ser apresentada à criança como uma novidade. Abra a caixa na presença da criança como se estivesse abrindo um “tesouro”e leia a palavra. Deixe a criança manusear a ficha e brincar com ela. Depois guarde a palavra no baú e pegue outra. Assim, a criança terá a oportunidade de ser estimulada com diversas palavras simples.

Além dessas brincadeiras, existem inúmeras outras e até mesmo jogos específicos para a alfabetização, como: dominó de letras, jogo da memória, quebra-cabeças, etc.

O importante é que tudo seja muito divertido e estimulante. E lembre-se: é apenas um momento de diversão. Se a criança não quiser brincar, não insista. Tente em outro momento.

Uma última dica: essas atividades não deverão ultrapassar 15 minutos diários para não cansar a criança. E não se preocupe com os erros. Tenha paciência porque no momento certo ela estará preparada para aprender a ler!!!

Beijos iluminados!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *