Qual é o melhor presente de natal?

Olá! Tudo bem com você?

Mais um ano se aproxima do fim e as compras de natal são a nossa mais constante preocupação nos últimos dias, não é mesmo?

Todos corremos ao shopping para tentar atender a todas as solicitações de nossas crianças. Bonecas, carrinhos, patins, bicicletas e tudo mais que uma criança pode pedir já faz parte da nossa relação de procuras na internet...

E não há nada de errado nisso, certo? Temos um grande prazer em poder atender a todas as reivindicações, na medida das nossas possibilidades financeiras. Mas, hoje vamos falar sobre qual seria o melhor presente de natal para nossos filhos. Você se arrisca a descobrir qual é?

Bem, se você disse amor, certamente ele faz parte do pacote, mas deverá vir acompanhado de outro grande presente que não deverá ser esquecido: nossa presença.

Então, nessas férias, comemore a sua presença junto a seus filhos. Se faça presente e dê a sua presença como o maior presente de nata...

Ler mais

A infância perdida

Olá! Tudo bem com você?

Hoje vamos tratar um de um assunto que tem sido deixado de lado por algumas famílias: a infância.

Nosso filhos têm recebido tantos estímulos equivocados que, por vezes, chegamos a nos perguntar se a infância deles não está diminuindo...

Mas, como assim? A infância não diminui... Isso não existe, certo???

Será???

Não vamos aqui nos referir ao passado ou fazer qualquer tipo de comparação com a nossa própria infância ou com tempos remotos que nem sempre foram melhores do que os atuais, porém, desejamos refletir sobre a seguinte questão:

Estamos deixando que as nossas crianças sejam crianças?

Ainda não está entendendo? Já explicamos.

Todas as vezes que deixamos nossos filhos expostos a estímulos que não são indicados para suas idades, estamos acelerando o término de suas infâncias.

E que estímulos seriam esses? Vejamos alguns exemplos disso, quando:

  • permitimos que nossos filhos tenham acesso a con...
Ler mais

Afetividade X Respeito: O que priorizar?

Olá! Tudo bem com você?

Se você é mãe, certamente já se sentiu dividida sobre como agir. O que priorizar? O respeito ou o carinho? Como conciliar esses dois aspectos sem exigir demais ou "de menos"?

Bem, pra começar a responder essa pergunta, é necessário que você compreenda que o amor você já tem, naturalmente, por seus filhos. Assim, fica mais fácil de conduzir a reflexão.

E se você ama seu (a) filho (a), deverá desenvolver habilidades para educá-lo com responsabilidade, se abstendo da omissão que tanto mal causa ao desenvolvimento do caráter de sua criança e ao seu crescimento moral e emocional.

Mas, então, como resolver essa questão? Como equilibrar essas duas potencialidades?

Segundo Jean Piaget, biólogo e psicólogo suíço, "a afetividade é a mola que impulsiona a aprendizagem". Isso quer dizer que uma criança não aprenderá verdadeiramente sem que haja afeto nesse processo para aprender.

Sendo assim, afeto é a condição ess...

Ler mais

Gêmeos podem estudar na mesma sala?

Olá! Tudo bem com você?

Se você tem gêmeos, fique atento ao nosso post de hoje. Existem várias situações em que a presença de um pode inibir o autodesenvolvimento do outro.

Essa semana recebemos uma pergunta de uma mãezinha preocupada com a situação de seus filhos gêmeos. A escola de seus filhos resolveu separá-los e ela não concordou com a decisão porque gostaria de ver os gêmeos juntos. Ela então nos questionou se havia alguma lei que proibisse que os irmãos gêmeos ficassem na mesma sala.

Bem, claro que não há nenhuma legislação que proíba os gêmeos de permanecerem juntos, porém, essa proximidade entre os dois fora do ambiente doméstico não é recomendável. E por que não?

Primeiramente, é bom que você entenda uma questão muito importante para o desenvolvimento cognitivo, social e emocional de uma criança. Trata-se da individualidade do ser humano que deve ser preservada.

Essa individualidade permite que a criança desenvolva ...

Ler mais

6 passos para a segurança da sua criança na internet

Olá! Tudo bem com você?

Você se preocupa com o conteúdo que o seu filho acessa na internet? Se sua resposta foi sim, parabéns por sua responsabilidade. Entretanto, preocupar-se nem sempre basta, pois é necessário verificar o que a criança está acessando ou assistindo.

Se você deseja proteger sua criança dos riscos causados por conteúdos inadequados para ela , fique atento às nossas dicas e saiba como orientar seu filho a escolher os conteúdos mais seguros:

  • Primeiramente, dê o seu exemplo, selecionando melhor os seus conteúdos a fim de evitar que seu comportamento seja diferente de suas palavras. Nada pior do que falar uma coisa e fazer outra, certo?
  • Respeite o limite da classificação etária de cada conteúdo e ensine seu filho a verificar essa informação. É possível localizar a classificação em filmes e séries, caso sua criança esteja num portal como a Netflix, por exemplo.
  • Em caso de canais do Youtube, verifique quem é o Youtuber do canal e ...
Ler mais